Master Of Simplicity

O que queremos, o que temos e o que conseguimos

A vida dá muitas voltas.
O que pensamos, o que desejamos, o que planeamos, o que temos ou o que conseguimos… Deixamos fluir, aconteça o que acontecer, mesmo mantendo o foco. Descobrimos que talvez haja algum sentido em toda a demora ou troca de planos. Abdicamos de coisas para surgirem outras. A frustração transforma-se em aceitação, sendo ainda possível surgir alguma surpresa…

Surgem assim três questões pertinentes a ter em conta:

  1. o que queremos?
  2. o que temos?
  3. o que conseguimos?

O que queremos deve ser um guia na nossa vida. Onde eu quero estar amanhã? Mesmo que não aconteça, será que devo desistir? Onde eu quero estar daqui a um ano? Estou fazendo algo por isso? Ou estou priorizando a vontade dos outros?

O que temos deve ser motivo de gratidão constante. Nunca sabemos quando a vida dá mais algumas voltas e o que parecia indiferente se torna tão indispensável! Ao mesmo tempo é aquilo que nos permite ir além, mesmo que temporariamente. Faz parte da nossa vida, da nossa vivência e da nossa história. Mesmo quando o que temos parece não ser o ideal, será certamente um desafio e nos tornará mais fortes se soubermos viver essa fase.

O que conseguimos é o resultado da conjugação de todos os nossos esforços: paciência, disciplina, empenho, foco,… Por vezes é simplesmente a vontade de Deus, orientando o que serve em cada momento. Nem tudo o que achamos ser melhor é. Também nem sempre entendemos porque não conseguimos. E a explicação também não vem quando queremos!

Se acontece assim com todos, não devemos nos considerar vítimas. Ignore o que puder. Continue sem desistir. Faça por merecer. Apesar de nem tudo ser quando queremos, nós conseguimos!

There is always something to be thankful for.

3 Responses

  1. Minha querida acabei de chegar aqui ao teu novo cantinho.
    Como sempre muito acolhedor e inspirador!
    Parabéns tens aqui um espaço maravilhoso e é sempre muito bom passar por aqui.
    Beijinho enorme e tudo de bom para ti**

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese