Master Of Simplicity

Desafio: “Eu” (Semana 1)

Este é um desafio especial pois não se foca nos objetos e tralhas físicas. Ao longo da minha jornada apercebi-me que ser minimalista não se restringe a simplificar ou a possuir menos. Aliás, alguns destralhes físicos são mais difíceis pois falta uma componente interior… Se prestar atenção, cada vez mais se acumula: compromissos, responsabilidades, funções, “amigos de facebook”…

Hoje damos início à primeira semana do desafio. E começamos falando sobre o nosso “eu”.

Quem sou eu? O que quero? O que gosto? O que sonho? O que me faz feliz?

Antes de responder considere três dicas:

1) É indispensável ser sincero consigo mesmo.
São as suas respostas. Repito, as SUAS! Não as da sociedade, as da sua família, as dos outros… Responda o que vem do seu coração, da sua vontade e dos seus sonhos. E não o que os outros gostariam. Tape os ouvidos quando alguém disser “se eu fosse tu…”. Não é! Esta é a oportunidade de você viver a sua vida. Aproveite!

2) O que você quis um dia, pode não ser o que quer agora.
Mesmo que talvez já saiba as respostas, experimente ainda fazer o exercício de responder hoje. Porque a nossa vida muda, assim como as nossas respostas. O que foi essencial para mim há um ano, não é mais. Isto me aconteceu com o telemóvel e a televisão, por exemplo. Mas isto aconteceu como consequência da minha situação pessoal e profissional ter mudado.

3) Não espere o momento certo para responder a estas questões.
Às vezes, pensamos que é melhor mais tarde, num momento de silêncio ou noutro lugar… E nem sempre esse momento surge. Adiamos algo muito importante… O que fazer? Não espere! Neste exato momento enquanto me lê, qual o seu maior desejo? Respondeu? Eu aguardo! Não continue lendo se está querendo responder “mais tarde”. Se você não sabe esta resposta, experimente refletir sobre o que desejaria fazer agora.

Durante esta semana estarei publicando mais artigos que ajudam a nos descobrir e a entender como procurar esta sinceridade em nós mesmos, sobretudo numa geração em que as pessoas se habituaram a esconder-se atrás de computadores e da internet para serem outras, e a omitirem todo o tipo de factos só porque se perdeu o valor do respeito.

Quem sou eu? O que quero? O que gosto? O que sonho? O que me faz feliz?
E aí? Já sabe as respostas destas perguntas? 🙂

One Reponse

  1. Olá minha querida!
    Espero que estejas bem, assim como a tua princesa!
    Estive de férias e só esta semana voltei ao trabalho e ás minhas rotinas. Acabei de ler este teu arrtigo e adorei. Claro que aceitei logo o desafio e respondi às perguntas. Não tive dificuldade em fazê-lo e acredita que em senti muito bem.
    Muito obrigado pelas partilhas que aqui fazes, pelo que transmites e pelo quanto inspiras.
    Beijinho enorme***

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese